Publicidade



Observatório do Turismo

@TurismoSãoPaulo


Notícias

Atualizado em: 28/07/2015




Novo Anhembi: grupos farão vistoria técnica

As visitas monitoradas devem ser agendadas entre os dias 04 e 07 de agosto


Os 16 grupos empresariais interessados no plano de revitalização, modernização e ampliação do complexo de eventos Anhembi já têm data para realizar as visitas técnicas ao local. Foram disponibilizados quatro dias - entre 4 e 7 de agosto - para que as empresas habilitadas possam vistoriar a área que abrange o projeto, chamado de Novo Anhembi.

As visitas serão acompanhadas por representantes da São Paulo Turismo (SPTuris, empresa municipal de turismo e eventos) e poderão ser agendadas até quatro empresas ou grupos por dia, sendo que cada agente empreendedor deverá enviar somente dois representantes. O ato foi publicado no Diário Oficial do Município de hoje, dia 28.

Para o secretário municipal para Assuntos de Turismo e presidente da SPTuris, Wilson Poit, as visitas são essenciais para as empresas traçarem seus estudos. "A vistoria técnica é primordial para os arquitetos, engenheiros e idealizadores dos projetos. Eles precisam conhecer melhor o espaço e adaptar suas ideias à realidade do local", afirma.

Com relação a possíveis dúvidas dos proponentes, a Comissão Especial de Avaliação, responsável pelo andamento dos trabalhos do Novo Anhembi na SPTuris,receberá, em uma primeira fase, todas as demandas encaminhadas por e-mail até o dia 14 de agosto. Após essa data, a comissão se manifestará oficialmente, respondendo a todos os questionamentos.

Sobre o Novo Anhembi

Em maio deste ano a Prefeitura de São Paulo, por meio da São Paulo Turismo (SPTuris, empresa de turismo e eventos da cidade), anunciou o lançamento de um chamamento público para receber estudos com propostas para ampliação e modernização do Anhembi, maior complexo de eventos do país.

O objetivo do chamamento é buscar projetos de parceria com a iniciativa privada para reformar e aumentar a tradicional área de eventos localizada na zona Norte da cidade, de modo que a administração economize recursos públicos ao mesmo tempo em que proporcione modernização, otimização, expansão e manutenção ao Anhembi, oferecendo à população um equipamento e serviços mais adequados.

A área que é objeto do chamamento público tem quase 300 mil m² e compreende o Pavilhão de Exposições, o Palácio de Convenções do Anhembi, o Auditório Elis Regina, o estacionamento e o terreno localizado entre o Hotel Holiday Inn Parque Anhembi e o Pavilhão de Exposições, atualmente objeto de desapropriação promovida pela SP Urbanismo (declaração de utilidade pública pelo Decreto Municipal n.º 51.171/2010). O Polo Cultural e Esportivo Grande Otelo (Sambódromo) não foi incluído.

Além da busca de soluções para a modernização e reformas do maior complexo de feiras, eventos e exposições da América do Sul, a expectativa é que os estudos tragam uma série de melhorias ao local, como integração com o transporte público de massa e possibilidade de construção de novos equipamentos, como hotéis, restaurantes e outros.

Mais detalhes sobre o Novo Anhembi em spturis.com/novoanhembi